sábado, 7 de fevereiro de 2009

Argentina punk rock!

Attaque 77

Esta semana voltei a escutar Attaque 77 depois de um bom tempo. Graças a isso, acabei entupindo o MP3 player esta semana de bandas de punk rock argentinas. E como os hermanos produzem bandas de qualidade. Enfim, em um país em que os RAMONES são reis e a cada quadra vc encontra uma camisa do Misfits, não era de estranhar.
Uma das bandas que escutei sem parar foi o 2 MINUTOS. Formado nos anos 90, a banda tem um séquito de seguidores com um punk rock simples e setenteiro. As letras seguem a linha street punk mas com extremo bom humor. E eles tem uma versão em espanhol para "I turned into a martian" do Misfits que é hilária!
2 Minutos

Na linha "ramônica" de tocar punk rock chegamos ao EXPULSADOS, uma das minhas bandas preferidas. Em minha primeira passagem pela capital portenha me deparei com a capa de um cd deles em uma loja, idêntica a do "rocket to Russia", e na hora saquei que era coisa boa. E não me arrependi. resumindo, é Ramones em espanhol - no som, nas temáticas, nas roupas e visual. Bola certa!

Saindo um pouco dos seguidores de Joey & cia, chegamos ao CADENA PERPÉTUA, uma banda de punk/ hc muito popular e com muitos seguidores na terra de Don Diego. Eles tem um perfil mais politizado, com um HC mais na linha de bandas da verlha guarda americana - Adolescents, Minor Threat - e com uma pitada de melodia. Tenho dois Cds deles - "malas costumbres" e "demasiada intimidad" que são o fino, daqueles que vc escuta de ponta a ponta feliz!

De volta a linha mais tradicional do punk rock, os stret punkers do DOBLE FUERZA comemoram 20 anos de atividade como uma das bandas mais populares da Argentina. Suas letras são mais divertidas e falam do cotidiano - cerveja, brigas, mulheres - e o visual é totalmente "ramõnico". Já passaram pelo Brasil e quando voltarem, vale o confere.
Na linha do HC, não dá pra falar de Argentina e não citar o mais-que-popular-internacionalmente FUN PEOPLE! Tive a chance de vê-los em 2000 abrindo o show do Lag Wagon em Bh e fiquei de cara! Hardcore criativo, com quebradas e presença de palco intensa do vocalista Nekro. Pois com o fim da banda, o cara resolve criar uma banda tão boa ou melhor, e nós ganhamos o BOOM BOOM KID, que já vi ao vivo duas vezes, ambas inesquecíveis. O BBK é mais "emo"cional, mas sem cair em pieguices e letras pasmaceiras - tratando de temas introspectivos com inteligencia e com um instrumental mais elaborado, mas super pesado.

Ainda no HC, o OTRA SALIDA é o grande representante da vertente NYHC da terra portenha. Um som pesado, com cadência de metal, levadas thrasheiras e aqueles vocais em coro bem ao estilo de Agnostic Front (aliás, eles tocaram aqui no Rio em 2005 abrindo para o Agnostic).
E depois de olhar estas bandas que povoaram meu MP3 player esta semana, chego de volta aos causadores de toda esta invasão portenha: ATTAQUE 77! Talvez uma das bandas mais populares da Argentina, eles já deixaram ha muito tempo os palcos do underground para cairem no mainstream com seu punk rock politizado e totalmente, como diz o nome, 77. Engraçado notar que eles são, hoje, uma das bandas mais populares da America Latina, mesmo sendo uma banda punk, mas que quanbdo estiveram no Brasil em 2001, tocaram no "berço" undergroud carioca, o Garage. De qualquer maneira, é uma daquels bandas que você escuta e na segunda audição já está cantando o refrão junto.
este foi apenas um mínimo panorama sobre a cena punk/HC portenha. A Argentina é um berço de bandas maravilhosas que, infelizmente, ainda chegam de maneira restrita a nossos ouvidos. Mas corra atrás no bendito soulseek que vale a pena!!
Por que te vás?

Expulsados

2 comentários:

  1. Escutou o split do Otra Salida com o Norte Cartel? Recomendo.
    Abráá!!

    ResponderExcluir